Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Fevereiro, 2014

El Segundo

Yo, Vuelvo a escribir, Tonto, ¡Loco por ti!
Hoy, Tu es mi vida, Mi sueño, Mi querer, Mi voluntad…
Mí enamora, Dime, Que me quieres, Mí enamora,
Yo, te digo Que es, ¡Solo tu! Solo tu, que quiero, Hasta ahora, Hasta siempre, Me gustas, locamente!

Medo

Medo!!
Que me consomes,
Deixa-me...!!Deixa-me,
Definir quem sou,
Longe de ti, medo!
Do que afetas...Deixa-me sorrir!
Deixa-me gritar!
Deixa-me...
Deixa-me apenas ser eu!Deixa-me...medo!!
Deixa-me...
Correr,
Para os braços,
De quem me faz,
Ser feliz... Como o sou!!

Apaixono-me!

Apaixono-me, Novamente, Em cada dia novo, Que te vejo…!
Cada dia, Como fosse sempre Aquela primeira vez,
Em que os meus olhos, Brilharam, Ao ver-te subir, Aquelas escadas…!
Em que a soma do vento, Com o teu cabelo, Sejam aquelas formas, Tão Apaixonantes,
Que em cada, Passo teu, O meu coração, Teste todos, Mas todos os seus limites…!
E em cada suspiro, Que dou, Até ao pé de mim chegares… Estou Bem, Como nas nuvens estivesse…!
E... Assim que chegas, Fico parado, Apaixonado..! Louco, Tão louco por ti, Por tudo o que me és!! O que me fazes…



Tú...!

En mí cabeza Solo tú estás, En mi pensamiento, Solo tú vives...
Tú, que en mís ojos, Lo dejas siempre, Su mejor imagén, Grabada....
Tú, Que mí corazón, Dejas tonto, Enfermo por ti...
Y yo, Que siento su latido, Quedo así, perdido,
Hasta que vuelvo a verte!!!
Lo primero en español :)

A tua mão...!

Dá-me, A tua mão, Enche-me a mente, O coração...!
Dá-me, Quase nada, Que tudo é... Dá-me o teu conforto,  Comigo ao pé!
Aperta-a, Na minha mão, Como se tua fosse, Porque tua é!
Entrelaça-a, Em dedos meus, Em momentos nossos, A tua mão... De tão maravilhosa que é!

Escrevo de ti

Escrevo de ti, No céu, nas nuvens, No mar, Mesmo bravo que está!!
Penso em ti, Como se de mim fosses, Em cada sonho, Em cada desejo novo que peço!
Digo-o bem alto, Para que me possas ouvir, O que quero, O que sinto…!
Digo-o tão alto, Que sonho acordado, Que faço de ti, Parte de mim que não sou, Que não tenho...!